Leitura da Preguiça

11:47:00

Ai, ai… Final de semana dá uma preguiça, né? Aquela vontade de ficar de pijama o dia todo e fazer o mínimo possível (de preferência apenas coisas que envolvam quarto-cozinha-banheiro). Mas e aquele tédio que vai acabar aparecendo? Pra sua sorte, fiquei sabendo de uma invenção inovadora que se chama livro. YEY! Agora seus problemas acabaram.

Mas, vamos combinar que nessas horas tudo que a gente não quer é aquele livro grosso, pesado e com uma temática super densa. Olha aí a preguiça voltando… 

Por isso que, pra merecer fazer parte da categoria Literatura de Sábado, também conhecida como Literatura da Preguiça, o livro precisa cumprir obrigatoriamente três requisitos:

Ser leve

Ter um grande espaçamento

Ter uma história que não exija envolvimento psicológico/emocional

Ter figuras - opcional

Seguindo essa lista de exigências, selecionei cinco livros que fazem jus ao título. Todos eles podem ser lidos facilmente em uma bela tarde chuvosa ou numa manhã de calor, acompanhadas de um mate. Hhhhhmm, peraí que vou buscar o meu!

A Vida Sexual da Mulher Feia
139 páginas

O título pode parecer um pouco sexista e talvez politicamente incorreto para nosso momento social atual, mas garanto que o livro não é. Trata-se simplesmente da vida de Jucianara e de todas as dificuldades, especialmente de se relacionar amorosamente, que acompanham uma mulher que não corresponde aos padrões de beleza da sociedade. O bacana desse livro, além de ser hilário, é que são narradas situações e sentimentos pelos quais todas, TODAS as mulheres já passaram ou sentiram. Seja a leitora “bonita”, “feia”, segura ou insegura, ela vai se identificar com a Ju em algum momento.

De Repente, nas Profundezas do Bosque
141 páginas

Não sei o que dizer desse livro, só sentir… De Repente, nas Profundezas do Bosque é um dos meus livros favoritos. O autor hierosolimita (natural de Jerusalém), Amós Oz conta a história de uma aldeia onde todos os animais desapareceram do dia para a noite há muito anos. O motivo é um segredo sobre o qual os adultos não falam sob hipótese alguma e as crianças são proibidas de sair à noite ou ir ao bosque. Até que duas delas resolvem desobedecer essas regras. A escrita e a história são de uma sensibilidade tão grande que fazem esse ser o menor livro da minha seleta lista de favoritos.
PS: Quem adora uma boa editoração, como eu, vai amar a edição publicada pela Companhia das Letras.

A Coisa Terrível que Aconteceu com Barnaby Brocket
254 páginas

Pode parecer grande, mas você vai ler esse livro rapidinho. Aliás, você DEVE ler esse livro.
Aiiiin, mas é infantil...
Ok, é infantil sim. Mas o livro infantil de John Boyne (sim, autor de O Menino do Pijama Listrado), merece ser lido por todo mundo. Não vou dar spoiler, mas essa tal coisa terrível coloca Barnaby Brocket em uma improvável viagem pelo mundo. Pelo caminho, ele conhece várias pessoas e passa por várias situações que mudam tanto sua maneira de ver a vida que ele percebe que a coisa terrível não é terrível, só diferente.
Mas por que todo mundo deveria ler esse livro?
Porque são apresentadas questões super atuais como homossexuais que são expulsos de casa, conflitos a partir de diferenças étnicas, abuso de poder e outros problemas que vemos por aí todos os dias. Acredito que se todas as pessoas que lerem A Coisa Terrível Que Aconteceu Com Barnaby Brocket tiverem a mesma conclusão que o personagem, o mundo seria um lugar melhor.

Como Saber Se Seu Gato Está Planejando Matar Você
131 páginas

Esse é pra ler em meia hora e não conseguir mais parar de rir. Os donos de gatos vão ver um pouquinho do seu felino em cada historinha exagerada. Separado por temas, o livro traz quadrinhos que vão desde comportamentos normais de gatos com caixas de areia até a rotina de dois gatos executivos no trabalho. Enfim, desafio qualquer gatófilo a não adorar Como Saber Se Seu Gato Está Planejando Matar Você.

À Produra de Audrey
334 páginas

O maior livro da lista, mas um dos mais viciantes. Não existe a possibilidade de parar de ler depois de começar. A leitura flui naturalmente e quando você percebe, está se odiando por sentir vontade de fazer xixi na melhor parte. Não tem como não se apegar à Audrey, uma menina de 14 que sofre bullyng e começa a desenvolver transtornos sociais, como ter medo de sair de casa ou de tirar os óculos escuros e fazer contatos visuais com outras pessoas. Com a ajuda de uma psicóloga e do amigo do seu irmão, Linus, Audrey dá início ao seu penoso processo de recuperação. Pode ficar tranquilo que não é, de modo algum, uma leitura pesada. Com generosas doses de humor é, sim, um livro pra ler num tiro só.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Eu adorei '' Como saber se o seu gato está planejando matar você'' parecer ser muito engraçado kkk, eu tenho um gato também, mas acho que isso seria a ultima coisa que ele pensaria em fazer, gatos devem ser ocupados tentando dominar o mundo hahha
    beijos!
    http://saboreandoasestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luciana!
    Esse livro é hilário e vale muito a leitura, só fiquei triste porque acabou muito rápido. kkkkk
    O gatinho da foto é meu neném, o Macedo, e eu tenho fortes suspeitas de que ele tenta me matar às vezes, sim... de tanta fofura! (;
    Beijão

    ResponderExcluir

Instagram

Seguidores