3 Livros Que Vão Curar a Sua Ressaca Literária

21:14:00



Há mais ou menos um mês e meio eu estava super de ressaca literária. Na verdade, eu estava com uma ressaca cultural. Porque além de não conseguir ler nada, também não conseguia me interessar por séries e filmes. Mas estas três belezinhas me fizeram recuperar o ânimo e me ajudaram a retomar o ritmo. Vamos a elas?

1. Namorado de Aluguel:
Sinopse:
Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. 

O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. 

E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. 

Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.

O que eu achei:
A história é muito divertida e levinha. Não é o tipo de livro que muda a sua vida, mas alivia o cansaço depois de um dia longo. Sem contar que você fica louquinho da vida torcendo para os personagens se acertarem.

2. Três Coisas Sobre Você:
Sinopse:
Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. 

Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.








O que eu achei:
A identidade do "Ninguém" não é nenhum mistério, mas isso não impede você de se divertir com a estória e se envolver nas trapalhadas da personagem principal. Também gostei do modo realista com que a família foi retratada. Porque eu tenho a sensação de que grande parte dos YA exagera um pouco nessa coisa de família problemática.

Também adoro o modo como os protagonistas tratam a paixãozinha deles como o que conforta, não o que cura, os problemas emocionais deles. Tô cansada de ver narrativa usando a milagrosa cura da pílula do amor por aí.


3. Métrica
Sinopse:
Após a morte do pai, a ausência torna-se a maior companheira de Lake. A responsabilidade pela mãe e pelo irmão a congelam em um limbo de luto e dor. Por fora, ela parece corajosa e tenaz; por dentro, está perdendo as esperanças. E se mudar do único lar que conheceu não ajuda em nada.

Agora em uma nova casa, em uma nova cidade, ela precisa achar seu caminho. E um rapaz apaixonado por poesia pode ser o guia perfeito. Quando conhece o novo vizinho, Layken imediatamente sente uma intensa conexão. Algo que finalmente parece desanuviar um pouco sua realidade.

Mas o caminho da verdadeira felicidade não é feito de tijolos dourados, e logo uma revelação atordoante faz o novo relacionamento ser bruscamente interrompido. O dia a dia vai se tornando cada vez mais doloroso à medida que eles se esforçam para encontrar um equilíbrio entre os sentimentos que os aproximam e as forças que os separam.

O que eu achei:
Sempre que eu tô com a cabeça muito cheia eu pego um New Adult para ler, mesmo sabendo que eu vou terminar a leitura puta da vida. Seja pelo uso indiscriminado da pílula do amor ou pela romantização do cara babaca, eu sempre fico aborrecida.

Ou melhor, quase sempre. Apesar de ter uma pitadinha de pílula do amor, a história é muito interessante e prende você logo no começo. Mas assim, ignora os outros livros dessa série, você consegue ser feliz só com esse. 

Gostou das dicas? Sabe de algum livro tiro e queda para curar ressaca literária? Então não esquece de comentar aqui!

You Might Also Like

2 comentários

Instagram

Seguidores